24/01/2011


é uma comichão que se sente
   às vezes nas mãos
       às vezes na cabeça
           às vezes no coração.
irrequieta ou quieta. barulhenta ou silenciosa.
alimenta-se de nós.
também nos alimenta. ou então deixa-nos sós.

2 comentários:

Rute Carla disse...

perfect!

bitas disse...

que a tua criação nunca te deixe só ;)